Igreja de Santa Clara

Datada do século XV, a igreja de Santa Clara foi mandada edificar por João Gonçalves Zarco, descobridor da Madeira e primeiro Capitão Donatário do Funchal.
No final do mesmo século foi ampliada para integrar o Convento de Santa Clara e por isso ganhou elementos artísticos e arquitetónicos dos séculos XV, XVI e XVII. 
Da primitiva construção preservou-se o portal gótico em mármore de duas arquivoltas e o túmulo de Martim Mendes Vasconcelos, falecido em 1493. Do século XVII destaca-se o sacrário de prata, executado por ourives madeirenses em 1671, a pintura decorativa da igreja e o revestimento parietal com padrões de tapete policromos.