Igreja Matriz do Espírito Santo

Situada na vila da Calheta, a Igreja Matriz do Espírito Santo, de estilo manuelino e maneirista, foi construída nos finais do século XV e totalmente reconstruída em 1639.
No interior, destaca-se a pia de água benta renascentista; o sacrário talhado em madeira de ébano, com primorosas incrustações de prata, oferta de D. Manuel I, o Venturoso; a cruz processional manuelina; e ainda o teto da capela-mor e da nave central em estilo mudéjar ou mourisco (hispano-árabe).
Nesta paróquia são celebradas três festividades: o Espírito Santo (orago), no domingo de Pentecostes; o Santíssimo Sacramento; e a Festa de Nossa Senhora dos Bons Caminhos, no último domingo de setembro.