Museu da Imprensa da Madeira

 
Inaugurado em agosto de 2013, o Museu de Imprensa da Madeira descobre-se no edifício da Biblioteca Municipal de Câmara de Lobos. Com uma área de cerca de 2000 m2, o novo museu, em articulação com o Museu Nacional da Imprensa, tem por missão mostrar, inventariar e recuperar o património da indústria gráfica e da imprensa da Região Autónoma da Madeira, assim como promover atividades de dinamização cultural.

O espólio do museu reúne cerca de quatro dezenas de máquinas e um considerável património histórico tipográfico, litográfico, cinematográfico e outro associado à área da Imprensa e Comunicação, onde se destacam alguns equipamentos e máquinas originais dos séculos XIX e XX, de entre as quais uma máquina de impressão manual, fabricada pela Golding & C.ª (Boston) em 1886; uma “Intertype”, fabricada na Inglaterra em 1911 pela Harris-Intertype, Ltd.; e uma máquina de impressão rotativa, unidade ímpar na história da imprensa na Madeira.