Museu de Arte Sacra

 
O Museu de Arte Sacra do Funchal encontra-se instalado no antigo Paço Episcopal, fundado em 1594 por D. Luís Figueiredo de Lemos. É constituído por coleções de pintura, escultura, ourivesaria e paramentaria, cronologicamente datadas do período entre os séculos XV e XIX.

Das coleções do museu destacam-se dois grupos principais, o da Arte Flamenga, com pintura, escultura e ourivesaria, datável entre o fim do século XV e os primeiros anos do século XVI; e o da Arte Portuguesa, do período entre o século XV e o século XVIII.

A pintura flamenga dos séculos XV e XVI distingue-se não só pela grande qualidade dos quadros como também pelas suas grandes dimensões, pouco comuns nos museus da Europa. É de realçar ainda a coleção de escultura flamenga proveniente especialmente de Malines e de Antuérpia.

No núcleo de ourivesaria, que abrange os séculos XVI, XVII, XVIII e XIX, salienta-se a cruz processional de Água de Pena, datada do século XV, uma bandeja e um cálice com punção de Antuérpia, do século XVI, assim como a cruz processional, oferta de D. Manuel I à Sé do Funchal.

No núcleo dos paramentos, a maioria bordados a ouro e a matiz, destaca-se a casula bordada a ouro sobre lhama de ouro da Sé do Funchal.

O museu possui serviços educativos destinados aos vários públicos, nomeadamente crianças, jovens, terceira idade ou pessoas com necessidades especiais.